YOUCAT


Olá Galera! Beleza? Estou criando aqui uma nova página com o desejo de estudarmos juntos o YOUCAT (Catecismo Jovem da Igreja Católica), um grande presente do nosso querido Papa Bento XVI. Vamos interagir?

PRIMEIRA SEÇÃO
Por que podemos crer


1. Para que estamos no mundo?
Estamos no mundo para conhecer e amar Deus, para fazer o bem segundo a Sua vontade e um dia ir para o Céu. (CIC 1-3, 358)
Ser pessoa humana significa vir de Deus e ir para Deus. Nós vimos de mais longe que dos nossos pais. Nós vimos de Deus, do qual provém toda a felicidade do Céu e da Terra, e somos esperados em Sua eterna e ilimitada bem-aventurança. Entretanto, vivemos neste mundo. De vez em quando, sentimos a proximidade do nosso Criador; frequentemente, não sentimos mesmo nada. Para encontrarmos o caminho para casa, Deus enviou-nos o seu filho, que nos libertou do pecado, nos salvou de todo o mal e nos conduz infalivelmente à verdadeira Vida. Ele é "o Caminho, a Verdade e a Vida" (Jo 14, 6).

Deus quer que todos se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade (Tm 2, 4)

"Temos de conhecer as pessoas e as coisas humanas para as amar. Temos de amar Deus e as coisas divinas para as conhecer." Blaise Pascal (1623-1662 matemático e filósofo francês)

Deus é amor. (1Jo 4, 16b)

2. Por que Deus nos criou?
Deus criou-nos por livre e desinteressado amor. (CIC 1-3)
Quando uma pessoa ama, o seu coração transborda. Ela deseja partilhar a alegria com os outros. Nisso ela parece-se com o seu Criador. Embora Deus seja um mistério, podemos pensá-lo de um modo humano e dizer: Ele criou-nos a partir do "excesso" do Seu amor. Ele queria partilhar a Sua infinda alegria conosco, criaturas do Seu amor.

"A medida do Amor é amar sem medida" 
São Francisco de Sales (1567-1622, bispo notável, pároco genial, fundador de uma congregação, patrono dos salesianos e da imprensa, doutor da Igreja)

"O Amor é a alegria pelo bem; o bem é o único fundamento do amor. Amar significa querer fazer bem a alguém." São Tomás de Aquino 
(1225-1274, guia espiritual da Idade Média, doutor da Igreja e eminente teólogo da Igreja)